ÓLEO NO MAR

Desde o dia 30 de agosto, praias do Nordeste Brasileiro sofrem com o aparecimento de manchas de óleo no litoral. Até ontem, 22/10/2019, 900 toneladas do material já haviam sido recolhidas de 201 praias da região. A origem ainda é desconhecida.

Mal havíamos passado pelas queimadas na floresta amazônica em agosto de 2019 e novamente nos encontrávamos em meio a problemas ambientais sérios.

Com dois meses de óleo no litoral nordestino, ainda não se sabe o que causou a contaminação. O pico de novas localidades atingidas ocorreu em 21 de outubro. A evolução ainda não apresenta uma tendência de queda.  

Dessa vez não precisei imaginar muito para elaborar as imagens desses trabalhos. Elas já estavam  ali, nas reportagens que mostravam animais cobertos de óleo. Só precisei estilizar um pouco.

Três meses depois de as primeiras manchas de óleo surgirem no litoral da Paraíba, o número de locais afetados ainda aumenta: mais de 800 pontos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star